Posts Tagged 'caio'

Caio, AC/DC e Skid Row em Sampa

Neste último fim de semana fomos à São Paulo. A desculpa principal era o show do AC/DC na sexta, mas ainda rolou a primeira viagem do Caio e um show do Skid Row logo no dia seguinte.

Como foi a primeira viagem de avião do Caio, o momento foi devidamente registrado nas fotos abaixo. O folgado ocupou um assento todo. Impressionante como ele se comportou bem. Não chorou nada, estava se sentindo em casa. E não poderia ser diferente, tinha leite, os pais para brincar e fazê-lo dormir. Também fica o registro: ele ainda fez sua primeira visita à Galeria do Rock e com direito a troca de fralda num dos bancos. Infelizmente o momento não foi registrado com foto. Parece que esse tempo longe de casa e muitas novidades o ajudou bastante no desenvolvimento. Ele está outro bebê, “falando” bastante. Ou então essa “fala” toda faz parte do desenvolvimento normal dele. Prefiro acreditar na primeira hipótese.

Deitado no primeiro vôo Com a mãe no primeiro vôo
Folgadão Com o pai no primeiro vôo

Quanto aos shows, o AC/DC foi excepcional. Produção de primeira e os caras tocando e agitando muito. O Angus Young é um louco no palco. Impressionante. Não parou de agitar em nenhum momento. Abaixo algumas fotos (cortesia do meu amigo Chamy) do AC/DC. Já o Skid Row rolou no Manifesto. Bem legal, com vários clássicos e Psycho Therapy do Ramones. Desse ainda não estou com as fotos.

DSC01711 DSC01752
DSC01790 DSC01814

O resto, como sempre, está no Flickr.

Primeiro conjunto de fotos do Caio

Praticamente a primeira O que é isso perto de mim?
Primeira foto completa da família Dormindo, agora no próprio quarto

O resto está no Flickr.

Out Of The Shadows

Primeira foto do Caio

Hold a halo round the world
Golden is the day
Princes of the Universe,
your burden is the way
So there is no better time
who will be born today
A gypsy child at day break
A King for a day

Out of the shadows and into the sun
Dreams of the past as the old ways are done
Oh there is beauty and surely there is pain
But we must endure it, to live again

Dusty dreams in fading daylight
Flicker on the walls
Nothing new your life’s adrift,
what purpose to it all?
Eyes are closed and death is calling
Reaching out its hand
Call upon the starlight to surround you

Out of the shadows and into the sun
Dreams of the past as the old ways are done
Oh there is beauty and surely there is pain
But we must endure it to live again

Out of the shadows and into the sun
Dreams of the past as the old ways are done
Oh there is beauty and surely there is pain
But we must endure it to live again

Out of the shadows and into the sun
Dreams of the past as the old ways are done
Oh there is beauty and surely there is pain
But we must endure it to live again

Out of the shadows and into the sun
Dreams of the past as the old ways are done
Oh there is beauty and surely there is pain
But we must endure it to live again

A man who casts no shadow has no soul

Letra da música Out Of The Shadows do Iron Maiden.


Twitter Updates

June 2017
S M T W T F S
« Jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930